Paróquia Sagrado Coração de Jesus
Paulínia/SP - Arquidiocese de Campinas
Sempre de portas e coração abertos para acolher
  • Algumas imagens da torreAlgumas imagens da torre
  • Igreja Matriz - Missa 60 anosIgreja Matriz - Missa 60 anos
  • Obras Igreja MatrizObras Igreja Matriz
  • Igreja Matriz - No inicio da ReformaIgreja Matriz - No inicio da Reforma


Batismo


O Batismo é o nascimento!

Clique aqui para visualizar a programação do batismo. 

Clique aqui para visualizar informações sobre a Pastoral do batismo.

 


Batismo


Como a criança que nasce depende dos pais para viver, também nós dependemos da vida que Deus nos oferece.   É entendido como o sacramento que abre as portas da vida cristã ao batizado, incorporando-o à comunidade católica, ao grande Corpo Místico de Cristo, que é a Igreja em si.   No Batismo, a Igreja reunida celebra essa experiência de sermos dependentes, filhos de Deus.

Pelo Batismo, participamos da vida de Cristo. Jesus Cristo é o grande sinal de que Deus cuida de nós.   O santo Batismo é o fundamento de toda a vida cristã, a porta da vida no Espírito e a porta que abre o acesso aos demais sacramentos. Pelo Batismo somos libertados do pecado e regenerados como filhos de Deus, tornamo-nos membros de Cristo, somos incorporados à Igreja e feitos participantes de sua missão: `Baptismus est sacramentum regenerationis per aquam in verbo - O Batismo é o sacramento da regeneração pela água na Palavra´.   Quando recebemos o

Sacramento do Batismo, transformamo-nos de criaturas para Filhos Amados de Deus. Muitos pensam que os sacramentos em geral são obras eclesiásticas, ou seja, os sacramentos são `invenções´ da Igreja. Isso não é verdade, os sacramentos são sem sombra de dúvidas criadas por Jesus Cristo, o próprio Deus Encarnado.  

O profeta João Batista, primo de Jesus, que veio ao mundo para preparar os caminhos para a vinda do Messias, foi quem batizava as pessoas para a vinda de Cristo (Mc 1, 2s). Ele sabia que o seu Batismo era temporário, era Batismo de conversão, pois logo depois dele viria o seu primo Jesus que batizaria no Espírito Santo, ou seja, o profeta batizava com água e Jesus batizava com o Espírito Santo.

A Bíblia sugere o batismo de todos, o que inclui as crianças.   Atos 2, 38-39: "Disse-lhes Pedro: ´Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados. E recebereis o dom do Espírito Santo. A promessa diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos que estão longe - a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar´." E também outras passagens. (ver Atos 16, 15; Atos 16, 33; Atos 18, 8; 1Coríntios 1, 16)